• (11) 4582-5399
  • vendas@ceramicaermida.com.br

Precisa de Ajuda?

TIRE SUAS DÚVIDAS

Solicite mais informações sobre blocos estruturais cerâmicos, compras, formas de pagamento, prazos de entrega, qualidade, capacidade do caminhão. Envie-nos sua mensagem:


PERGUNTAS FREQUENTES
Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito sobre produtos, processo de compras, transporte e qualidade dos blocos cerâmicos:

1. O que é bloco cerâmico estrutural e quais as suas vantagens?

É um sistema construtivo onde os blocos possuem a função de sustentação das cargas que constituem a própria alvenaria. Isso quer dizer que as paredes deixam de ser apenas elementos de vedação e passam a desempenhar funções estruturais.

Os blocos estruturais possuem as seguintes vantagens:

  • • Redução de até 30% no custo da obra
  • • Acabamento diretamente sobre o bloco
  • • Substituição das colunas e vigas de concreto armado na construção de paredes
  • • Isolamento térmico e acústico
  • • Baixa absorção de umidade

2. O que é bloco cerâmico de vedação (furo vertical) e quais as suas vantagens?

Os blocos de vedação são utilizados na forma construtiva tradicional, que utiliza colunas de sustentação para distribuição de carga da estrutura da obra.

Os blocos de vedação furo vertical possuem as seguintes vantagens:

  • • Leveza e maior resistência
  • • Paredes externas lisas e mais reforçadas
  • • Acabamento com menor espessura
  • • Isolamento térmico e acústico
  • • Baixa absorção de umidade

Paredes Removíveis:
Este sistema possibilita a construção de paredes removíveis possibilitando ampliação de ambientes e alterações arquitetônicas posteriores a finalização da obra.

O segmento de parede não entrelaçada com as demais facilita sua remoção sem danos estruturais, proporcionando a remoção da parede, de forma limpa e rápida.


3. A Cerâmica Ermida fabrica o tijolo "baiano"?

Não fabricamos o bloco com furos na horizontal. Os blocos de vedação e blocos estruturais leves atendem esta necessidade, são produtos que trazem maior economia e qualidade para a obra.

Principais vantagens:

  • • Utilizar os furos na vertical para passagem de dutos elétricos;
  • • Paredes duplas, suportam maior pesos de objetos suspensos;
  • • Blocos com dimensões controladas, resulta em economia de argamassa ou gesso para revestimento das paredes;
  • • Redução de resíduos na obra.

4. Qual é a diferença: blocos com furos na horizontal e vertical?

Resistência mecânica: os blocos com furos na vertical são mais resistentes simplesmente por estarem na vertical. Blocos com furos na horizontal atingem no máximo 1,5 Mpa de resistência à compressão, enquanto os blocos com furos na vertical suportam acima de 4,0 Mpa.

Espessura de paredes: a norma ABNT exige maior espessura de paredes para blocos com furos na vertical, aumentando ainda mais sua resistência.

Economia: a maior vantagem dos blocos com furos na vertical é a utilização dos furos para passagem de conduítes, tubulações e ferragens, eliminando o "quebra-quebra" e diminuindo o desperdício com argamassa. Por ter parede dupla, demanda uma camada menor de reboque ou gesso. É resistente à instalação de armários e ganchos.


5. Qual é a diferença: Linha Estrutural (EST) x Linha Estrutural Leve (EST 40)?

Todos os blocos podem ser utilizados como vedação, fechamento de vãos; é o engenheiro quem determina a resistência necessária para cada projeto.

  Vedação Bloco Estrutural Leve Bloco Estrutural
Nomenclatura Norma (carimbo obrigatório no produto) Não tem EST 40 EST
Peso -- Menor peso (paredes com espessuras menores) Maior peso (paredes com espessuras maiores)
Resistência a compressão Mínima de 3 MPa Mínima de 4 MPa Mínima de 6 Mpa
Utilização Fechamento de vãos Até dois pavimentos Mais de dois pavimentos (depende do projeto estrutural)

1. Qual o procedimento para a compra dos blocos?

Para fazer um orçamento, acesse nosso de site de orçamentos ou ligue (11) 4582-5399 (WhatsApp) e fale com um de nossos atendentes. Também está disponível no site uma relação de revendas, que contempla os principais revendedores da região.


2. Qual é a quantidade mínima para compra direto da fábrica?

Para retirada direto da fabrica o mínimo são três pallets. Abaixo dessa quantidade, a compra deve ser feita diretamente com os nossos revendedores. A quantidade de blocos em cada pallet muda conforme o tamanho do produto.


3. Como é calculada a quantidade de blocos para a minha construção?

Pode ser calculado de duas formas:

  • • Metros quadrados: através do projeto arquitetônico fornecido impresso ou em arquivo eletrônico (legível).
  • • Modulação: através do projeto arquitetônico completo em arquivo Autocad. É realizado por um engenheiro calculista, onde os blocos são dimensionados conforme o tamanho do bloco escolhido, sem alterar o projeto original. O cálculo quantitativo de blocos deve ser solicitado com antecedência, antes do início da obra.

Para melhor aproveitamento do bloco estrutural cerâmico se faz necessária a contratação de mão de obra experiente em construção com blocos estruturais.

(!) Atenção:
Não nos responsabilizamos pela precisão no cálculo do projeto, este é feito a título de cortesia. É um auxílio prévio ao cliente para fim orçamental.

4. O que é modulação?

A modulação é um projeto que contém o planejamento da utilização dos blocos estruturais cerâmicos no sistema construtivo estrutural, dimensionando cada parede conforme o tamanho do bloco escolhido. Nele, são demonstrados os detalhes construtivos de cantos, junções entre paredes, vãos de janelas e portas, tubulações e conduites e ajustes de comprimento de paredes com blocos compensadores. Para que os blocos sejam utilizados corretamente, o construtor deve seguir este projeto tanto na direção horizontal como na vertical.

A modulação garante a racionalização da construção e permite o alto índice de produtividade que este processo é capaz de atingir, além de reduzir o desperdício com ajustes e cortes de blocos.

1. Como funciona a entrega dos produtos comprados?

O serviço de entrega dos blocos cerâmicos da Cerâmica Ermida é realizado por transporte terceirizado, sendo este contratado pelo cliente ou pela Cerâmica.

Mais detalhes:

  • • Entregas e retiradas no estoque da fábrica devem ser previamente agendadas
  • • Volume mínimo de retirada ou entrega é de 3 pallets
  • • No ato da entrega, sempre deve haver um responsável pela obra para conferir os blocos e receber a nota fiscal
  • • Algumas informações são muito importantes para que a entrega ocorra de forma positiva: inclinação da rua ou estrada, tipo de pavimento (asfalto ou terra) e apontar os possíveis problemas que possam ocorrer, caso esteja chovendo no dia da entrega. Caso o caminhão não consiga chegar até a obra por falta de informação, o frete será cobrado do cliente

2. Quais são os valores do frete?

O custo de frete e encargos são pagos diretamente para a transportadora e o valor muda conforme a distância e a quantidade de blocos.


3. Qual é o prazo de entrega?

Prazo de entrega de no mínimo seis dias a partir da confirmação do pagamento, e pode ser alterado, conforme o volume de vendas.


4. Em uma mesma carga, posso colocar várias medidas de blocos?

Sim, em uma mesma carga é possível colocar vários tipos de blocos cerâmicos. No ato da compra, nossos atendentes montarão a carga, conforme necessário.


5. Após a entrega, como deve ser feita a estocagem dos blocos?

Os blocos cerâmicos devem ser estocados em pilhas com altura máxima de 1,80 m, apoiadas sobre superfície plana, limpa e livre de umidade ou materiais que possam impregnar a superfície dos blocos. As pilhas não devem ser apoiadas diretamente sobre o terreno. Sugerimos que o terreno seja preparado com e a execução de colchão de brita ou apoio sobre pallets.

Quando a estocagem for feita a céu aberto, deve-se proteger as pilhas de blocos contra as intempéries (chuvas) por meio de uma cobertura impermeável, de maneira a impedir que os blocos sejam assentados com excessiva umidade. Na formação da pilha, os blocos devem ser sobrepostos aos blocos inferiores, com "juntas em amarração", conforme ilustrado logo abaixo:

1. Como garantir que os blocos que estou recebendo na obra correspondem aos requisitos das normas técnicas que garantem a qualidade do produto?

Os blocos podem ser conferidos pelas informações na marcação em baixo relevo que é feita durante o processo produtivo, que são:

  • • Nome da Cerâmica Ermida, com endereço, CNPJ e telefone;
  • • Identificação tamanho do produto e classificação do produto por exemplo EST;
  • • Data do lote de fabricação;
  • • Selo de qualidade INMETRO;

Além desta conferência visual, também emitimos laudos de resistência a compressão. Esta informação deve ser requisitada no ato da compra. Pode ser conferidos os blocos participantes da certificação PSQ através do link: http://pbqp-h.mdr.gov.br/projetos_simac_psqs2.php?id_psq=72, em documentos relacionados , classificação de empresas.

Os blocos certificados pelo INMETRO também podem ser conferidos na ficha técnica dos produtos .


2. Quais são as resistências à compressão dos blocos cerâmicos Ermida?

Os blocos fabricados pela cerâmica Ermida podem ser classificados como vedação, estruturais leves e estruturais.

  Vedação Estruturais Leves Estruturais
Resistência a compressão Mínimo de 3 MPa Mínimo de 4 MPa Mínimo de 6 MPa
Utilização Fechamento de vãos Obra estrutural até dois pavimentos Obra estrutural acima de 2 pavimentos

3. Qual o limite de pavimentos para a alvenaria estrutural de blocos da Cerâmicos Ermida?

Este limite é calculado pelo engenheiro especialista em estrutura ou projetista, conforme a resistência do bloco. Já fornecemos para prédios de até 8 andares.


4. A Cerâmica Ermida fornece o projeto estrutural?

Não. Essa é uma responsabilidade do engenheiro da obra.


5. O que Norma de Desempenho?

É o comportamento em uso de uma edificação e de seus sistemas, que pode ser interna ou externa. A vedação vertical envolve a parede de alvenaria, composta por blocos cerâmicos, argamassa de assentamento, portas, janelas, bem como revestimentos empregados.

Na parede, um dos componentes é o bloco cerâmico que deve ter as características e propriedades, conforme a Norma NBR 15575 “Edificações Habitacionais – Desempenho – Partes 1, publicada em 2013.

Para ilustrar como é projetado os materiais, segue abaixo as principais etapas que tevem ser consideradas.

Requisitos do Usuário – são as necessidades do projeto e de seu sistema, conforme a função que será dada para a edificação. Na alvenaria de vedação, os requisitos são: segurança estrutural, segurança contra incêndio, estanqueidade, desempenho térmico, desempenho acústico, durabilidade e manutenibilidade.

Condições de Exposição – Conjunto de ações atuantes sobre a edificação habitacional, incluindo cargas gravitacionais, ações externas e ações resultantes da ocupação.

Requisitos de Desempenho – condições qualitativas que o edifício ou sistema deve possuir.

Critérios de Desempenho – Especificação quantitativa do requisito de desempenho.

Método de Avaliação – Mensuração clara o seu cumprimento.

A avaliação de desempenho é realizada através de métodos padronizados e consistentes, passíveis de reprodução, conforme descrito em cada parte da Norma.

O desempenho só pode ser avaliado no sistema, que depende de vários elementos. O sistema é o sistema de vedação, que inclui argamassa de assentamento, espessura e tipo de acabamento, portas e janelas. E ainda tem condições externas da região geográfica da obra. Por isso, não é possível saber o desempenho só de um elemento, e que é tão difícil de definir porque depende muito de um projeto adequado para levar todas as variáveis em consideração. O que fornecemos para os clientes é o que temos de referência das FADs e o ensaio específico para acústica, que é uma simulação da condição mais utilizada, é uma referência.

A Norma de Desempenho é muito ampla:

- ABNT NBR 15575 - Edificações habitacionais — Desempenho:
Parte 1: Requisitos gerais
Parte 2: Requisitos para os sistemas estruturais
Parte 3: Requisitos para os sistemas de pisos
Parte 4: Requisitos para os sistemas de vedações verticais internas e externas — SVVIE
Parte 5: Requisitos para os sistemas de coberturas
Parte 6: Requisitos para os sistemas hidrossanitário

1. A mão de obra para a produção de alvenaria estrutural deve ser especializada?

Para aprovação e segurança todo projeto deve ser calculado e acompanhado por um engenheiro civil. Para um bom aproveitamento das vantagens e economia do produto, a obra deve ser executada por um bom profissional, com facilidade para interpretar modulação.


2. Dentro de uma obra quais as responsabilidades da Cerâmica e quais as responsabilidades de Engenheiro?

A responsabilidade da Cerâmica é a de manter o produto dentro dos padrões de qualidade exigidos pelas normas regulamentadoras. A responsabilidade do engenheiro é de acompanhar o andamento da obra e verificar se esta está conforme o projetado.


3. Como funciona a impermeabilização de uma obra?

A impermeabilização da obra começa desde o baldrame, passa pelo radie e termina em uma altura determinada da parede. Quanto maior for a umidade do local onde está sendo feita a construção, maior a altura de impermeabilização das paredes. A impermeabilização pode ser feita por uma empresa contratada, ou executados pelo profissional contratado.

  • • Baldrame: Vigamentos de apoio das paredes
  • • Radie: Base estrutural concretada

4. Os blocos podem ser utilizados como aparentes (à vista)?

O bloco cerâmico fabricado pela Cerâmica Ermida não é um produto de acabamento. Os blocos cerâmicos apresentam certa porosidade e com o tempo, a parede sem revestimento irá apresentar manchas. Portanto, não garantimos o produto para esta finalidade. Caso o cliente tenha essa intenção, não podemos garantir a durabilidade e aparência.


5. Eu posso utilizar bloco cerâmico estrutural na minha construção?

Sim, desde que sejam feitos um planejamento e um projeto estrutural. Principais etapas: projeto arquitetônico (1); projeto estrutural (2); projeto elétrico e hidráulico (3); definição do tamanho do bloco a ser utilizado (4) e contratação de profissionais com conhecimento em alvenaria estrutural (5).


6. É possível aplicar gesso diretamente sobre o bloco?

Sim, pode ser aplicado gesso diretamente no bloco, em ambientes internos, mas antes de se fazer o acabamento nas paredes, é necessário uma preparação. As paredes devem estar bem aprumadas, alinhadas. Sempre é recomentado que seja feita a impermeabilização necessária, e uma aplicação de um produto adesivo de alto desempenho para argamassas que irá garantir a aderência do gesso.


6. A construção possui paredes externas feitas com blocos da família 19. As paredes internas são feitas com blocos da família 14. Como fazer a amarração entre famílias de dimensões diferentes?

Neste caso, como as paredes não tem a mesma largura, as amarrações entre as duas paredes deverão ser executadas com ferragem de diâmetro de 5,00 mm ou 6,3 mm a cada duas fiadas, em formato de L ou aplicar as telas eletrossoldadas galvanizadas no mesmo padrão.

Escolha seus blocos e envie-nos sua solicitação!

Orçamento